Reino Unido quer banir Whatsapp, iMessage e outros serviços de mensagens instantânea

Whatsapp

A primeira consequência do ataque à revista francesa Charlie Hebdo já está dando as caras no Reino Unido.  O primeiro ministro inglês David Cameron disse ao The Independent que pode pedir o bloqueio de serviços de mensagens instantâneas como Whatsapp, iMessage por estes utilizarem mensagens encriptadas e o governo não poder controlar o conteúdo de tais conversas.

O primeiro ministro começa sua idéia de abrir para os governos as conversas dizendo que seria o primeiro passo para que os encarregados de seguranças nacionais possam investigar possíveis ataques terroristas.

A primeira informação que deveria ser aberta, segundo Cameron, é chamada de dados da comunicação. Estes dados informam para cada serviço de troca de mensagens, o remetente, destinatário, data e hora da conversa.

A segunda e certamente mais polêmica informação que deveria ser aberta é o conteúdo da conversa.

A base da proposta realizada por David Cameron se baseia na sensação de segurança que os governos têm que dar à população e no cenário moderno isto não se faz possível no momento em que há canais de comunicação não abertos aos governos que podem potencialmente ser utilizados por terroristas.

A proibição de tais serviços pode vir à tona caso as empresas por trás dos mesmos não liberem o acesso ao governo britânico.

A idéia é polêmica e será um dos pilares do próximo governo britânico no caso da chapa de Cameron seja eleita.

E você o que acha desta proposta polêmica?

Clique aqui e assista o vídeo do discurso do Primeiro Ministro.

Fonte: BGRThe Independent e DailyMail

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s